A verdade.




Mas que valor têm tuas palavras?
Dizes que vives uma mentira,
que a vida é injusta, macabra e sádica,
que nunca foste feliz nem tiveste o que realmente merecias.
Não culpes a vida pelo que és,
pelo que te tornaste,
porque tu, sim, és a mais evidente mentira.
                                                                         Ana Sofia Estevam

                            

Enviar um comentário

eu confesso que...

  © Blogger template Shush by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP