devaneio

Dou por mim a pensar em ti, depois de tanto tempo.
Não sei o que significa, sei que sinto saudades daquelas conversas até de manhã...
Talvez se pudesse voltar a trás tivesse feito as coisas de outra forma.
E ando aqui a escrever tudo o que não te consigo dizer e espero que um dia por milagre o leias e talvez me voltes a falar.
Até um dia, babu!

Joana  – (5 de dezembro de 2010 às 12:32)  

Sinceramente, acredito no destino. Tudo tem uma razão de ser, as coisas acontecem por um motivo. Não há que lamentar nada, mas reter as boas recordações se as houver, senão houver nada bom a recordar, fica uma experiência de vida.
:)

Eu também já não sabia viver sem ti, de verdade. Adoro-te sua parva! (L)

Sissy  – (13 de dezembro de 2010 às 14:09)  

já tinha saudades de te ler... ;)

Beijoooo*****

Se eu pudesse...  – (22 de setembro de 2011 às 06:19)  

Não esperes que ele leia.. diz-lhe ou arranja maneira que ele saiba tudo o que sentes!
Não devemos deixar nada por dizer, não sabemos qual é o nº do nosso bilhete de ida!

Força e beijinhos *

Anónimo –   – (22 de fevereiro de 2013 às 16:30)  

Hi thеre, ӏ cheсk your blog on a
regular basiѕ. Your humoristic style is ωitty, kеep it up!


My websitе: rv rentals indianapolis indiana
My webpage :: rv rentals florida jacksonville fl

Enviar um comentário

eu confesso que...

  © Blogger template Shush by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP